Os 10 erros mais comuns na blogosfera

Há algum tempo venho acompanhando o trabalho de muitos blogueiros, mesmo antes de eu mesmo me tornar um. Talvez eu tenha me tornado muito pela vontade de fazer melhor do que os outros já o fazem. Apesar de muitos destes blogs que acompanho tenham sucesso e muitas vezes “grife”, eles erram em alguns aspectos e são estes aspectos que quero expor neste artigo.

Não ter um site com um bom design

Muitos blogueiros passam por este mal. Podemos perceber isso em cada 9 de 10 sites que abrimos hoje em dia. A disseminação de conhecimentos a respeito de criação de sites e também o advento de plataformas de gerenciamento de conteúdo fizeram com que muitas pessoas pudessem ter condições de criar um blog, mas isso também trouxe um festival de mau gosto e falta de profissionalismo. E isso não é um mal só dos pequenos, não é porque o blog recebe muita visita que tudo está bem com ele, muitas vezes um redesenho de seu blog e uma melhora visual pode trazer uma melhora grandes de visitas, taxas de rejeição e de ganhos com publicidade seja ela CPC ou mesmo CPA.

Não usar uma boa plataforma de gerenciamento de conteúdo

Já em muitos artigos aqui no Escola Sites pude expor a minha preferência pelo WordPress. Tenho plena convicção de que ele é a melhor plataforma, seja para criar um pequeno blog ou mesmo para criar grandes sites. Muitos blogueiro insistem em continuar usando plataformas que não trazem um ar profissional para o mesmo. Muitos blogueiros usam o blogger como plataforma de gerenciamento de conteúdo, apesar de o mesmo ter melhorado muito nos últimos tempos, não aceito a ideia de um blog profissional possa se desenvolver usando esta plataforma, para não deixar o artigo muito grande irei destacar apenas três pontos que irão levar a escolha do wordpress: Melhores resultados em SEO, muito mais opção na confecção e até aquisição de um template, Painel administrativo umas mil vezes melhor, sendo bem amigo do Blogger.

Use o WordPress para gerenciar seu site

Não ter presença em redes sociais

As redes sociais cresceram muito e simplesmente são uma febre em nossos dias, há muito o que se jogar fora nas redes sociais, mas há muito o que se aproveitar, e muitos de seus visitantes usam as redes sociais, então porque não ter um relacionamento mais intimo com seus visitantes? Afinal, não são eles que importam? Tenha um relacionamento mais próximo com eles e certamente eles irão lhe respeitar mais. Não se esqueça dos “likes” e “retuitadas” da vida, em que seus visitantes fazem publicidade de graça para seu blog nas redes sociais. Todos esses aspectos devem ser levados em consideração.

Não usar RSS

Se você quer que seus visitantes fiquem ligados em seus artigos, considere usar RSS, assim como as redes sociais, eles deixam seus visitantes sempre informados do que está acontecendo em seu blog. Se este visitante assinar para receber este feed por email, então sua felicidade irá ser ainda maior, pois além de gerar tráfego em seu site e fidelizar seus visitantes você ainda estará montando uma bela lista de e-mails para enviar algum programa de afiliados ou mesmo oferecer algum outro produto.

Não acompanhar os grandes

Há um grande provérbio que diz que os sábios aprendem com os erros dos outros. Um grande erro cometido pelos pequenos é não acompanhar as estratégias usadas pelos grandes blogueiros, afinal se você pode aprender com erros e acertos dos outros porque irá aprender com seus próprios? Se você sabe que determinada estratégia deu certo então a use! Deixe para errar em alguma estratégia inovadora. Os grandes blogueiros podem ser uma grande fonte de conhecimento para aprimorar os seus conhecimentos, seja para melhorar meu blog ou mesmo para adquirir experiências sem mesmo as ter vivido.

Estes blogs são os que acompanho, na exata sequencia de importância, desde quando iniciei até os dias de hoje, blogs que recomendo muitíssimo para os que querem aprender tanto enquanto blogueiros quanto como empreendedores:

Uns acompanho porque gosto dos conteúdos e da própria pessoa do blogueiro por trás do blog ou somente pela primeira opção.

Não fazer parcerias

Você pode crescer sozinho, afinal muitos conseguiram o fazer, mas certamente será melhor crescer ajudando e sendo ajudado por outros, então faça parcerias, mas tenha bastante critério quando for escolher estas parcerias. Tente sempre fazer parcerias com blogueiros do mesmo nicho de mercado que você, isso fará com que os visitantes do blog de um integrante da parceria visitem o blog do outro e vice-versa, isso fará com que as visitas de ambos os blogs cresçam. Além disso, firmar parcerias mostra que você não é anti-social e não é individualista.

Faça parcerias

Não dividir o conhecimento

Muitos dos tutoriais e dicas que apresentei aqui mesmo no Escola Sites, uso em meus projetos pessoais como Free Lancer, mas acho uma ótima dividir conhecimento e então aprender mais com as dúvidas dos alunos do Escola Sites. Muitos blogueiros simplesmente acham uma fonte de conhecimento e simplesmente se fecham. Se todos fizessem isso não teriam o cenário atual, onde se pode encontrar muito conhecimento disponível na internet, fazendo ser uma tarefa relativamente fácil criar um blog. Então divida conhecimento tanto quanto seus visitantes necessitem.

Não dar atenção aos seus visitantes

Este tópico é uma espécie de desabafo, acho certo desrespeito ver um artigo e ter vários comentários e perguntas de visitantes sem o feedback do dono do blog. Isso mostra desatenção e desleixo, aqui no Escola Sites sempre tenho a atenção de responder todos os comentários, um a um, isso demanda tempo, mas é uma escolha minha e sua ser um blogueiro e isso faz parte. Quando você responde aos comentários e/ou e-mails você traz o visitante para dentro do ciclo de conhecimento, o faz participar, ser ouvido e certamente ele voltará a comentar.

Não deixar os visitantes à vontade para comentar

Quando chego a um blog e faço um comentário e vejo um Aguardando moderação bem GRANDE, me vejo em uma situação inusitada: posso até falar, mas desde que seja bem baixinho e de acordo com a opinião do dono do blog. Isso faz com que muitas críticas de visitantes não sejam expostas, vejo isso como uma situação bem complicada, o blog é feito para os visitantes, sem eles o blog não teria sentido, então deixe seus visitantes mais a vontade para comentar, não modere-os. Claro, sempre tenha uma política de comentários bem exposta, deixe claro que palavras de baixo escalão não serão aceitas e outras situações que difamem qualquer pessoa.

Não ter o que falar

Não adianta criar um blog simplesmente para dizer que é blogueiro, afinal ser blogueiro requer muito trabalho e esforço, logo não o faça se não você não possui algum motivo bem forte para fazê-lo. Blogs que apenas copiam conteúdos de outros blogs, blogs que passam semanas sem atualização, blogs que não acrescentam em nada ao conhecimento de seus visitantes estão fadadas ao fracasso. Então apenas crie um blog se você possui alguma coisa interessante para falar e que tenha quem o ouça, caso contrário, compre um diário que irá ser mais barato e menos trabalhoso para mantê-lo atualizado.

E você esqueceu-se de algum dos quesitos para ter um bom blog? Comente suas experiências, este espaço é seu!

Jair Rebello

Empreendedor e Nômade Digital. Dedica grande parte do seu tempo para criar soluções como o Plugin SqueezeWP e o Template ConversionWP Premium que ajudam dezenas de milhares de empreendedores a desenvolverem seus negócios.

Website: http://www.rebello.blog.br