Introdução ao AJAX (Parte I) – Tecnologias envolvidas

AJAX é um acrônimo para Asynchronous JavaScript e XML. Se você acha que não diz muito, eu também acho que não informa muito, mas se acalme iremos explicar de forma didática para que você entenda. O AJAX oferece uma técnica para JavaScript do lado do cliente para fazer chamadas ao servidor de aplicações e recuperar dados adicionais, conforme necessário, atualizar certas partes da página sem causar completo recarregamento da mesma. Antes de entrar a fundo no estudo do AJAX em si, precisamos deixar claro alguns aspectos e tecnologias envolvidas no processo.

HTTP e HTML

http

HTTP é suportado por todos os navegadores web, e ele faz muito bem o trabalho que foi concebido que é exibir conteúdo web de forma rápida e simples. Sempre que você solicitar uma página web usando o seu navegador preferido, o protocolo HTTP está sendo utilizado. Por esse motivo quando você digita www.escolasites.com no seu navegador o mesmo assume o valor como http://www.7desenvolvimento.com.

O tipo de documento padrão da Internet é HyperText Markup Language (HTML), e é construído por marcações que os navegadores web compreendem, entendem e exibem. HTML é uma linguagem que descreve a formatação de documentos e conteúdo, que é composto basicamente de texto e imagens estáticas. HTML não foi projetado para criar aplicações web complexas com conteúdo interativo. Quando você precisa para chegar à outra página HTML via HTTP, você precisa iniciar uma recarga completa da página,  ea página HTML que foi solicitada deve existir no local mencionado, como um documento estático, antes do pedido.

Mesmo com suas limitações, HTTP e HTML são ainda um par muito bem-sucedida que os servidores web e clientes web (browsers) utilizam em larga escala. Eles são a base da Internet como a conhecemos hoje.

PHP ou outras tecnologias do lado do servidor

As linguagens do lado servidor são aquelas linguagens que realmente fazem todo o “trabalho sujo”, tais como realização de cálculos complexos, fazendo a programação orientada a objetos, trabalhar com bases de dados, e muito mais.

Imaginem a quantidade de processamento de dados que a Amazon ou mesmo a Google devem fazer para entregar uma listagem de produtos e páginas, respectivamente. Sim, o processamento do lado do servidor é o mecanismo que causou a revolução da web, e a razão para que a Internet é tão útil hoje em dia.

A coisa importante a lembrar é que não importa o que acontece no lado do servidor, a resposta recebida pelo cliente deve ser uma linguagem que o cliente entenda (obviamente), tais como HTML, que tem muitos limites, como mencionado anteriormente.

PHP é uma das tecnologias usadas para implementar a lógica do lado do servidor. Iremos utilizar o PHP na construção nos nossos estudos de  AJAX. É bom saber, porém, que PHP tem muitos concorrentes, como ASP.NET (Active Server Pages, a tecnologia de desenvolvimento web da Microsoft), Java Server Pages (JSP), Perl, ColdFusion, Ruby on Rails, e outros. Cada uma delas tem sua própria maneira de permitir que os programadores façam as suas respectivas atividades e programas.

JavaScript e outras tecnologias do lado do cliente

As diversas tecnologias do lado do cliente diferem em muitos aspectos, a começar pela forma como eles são carregados e executados pelo cliente web. JavaScript é uma linguagem de programação interpretada, cujo código é escrito em texto simples e pode ser incorporado em páginas HTML para melhorar a experiência do usuário em muitos aspectos. Quando um cliente solicita uma página HTML, a página HTML pode conter JavaScript.

JavaScript é suportada por todos os navegadores modernos, sem exigir que os usuários instalem novos componentes ou plugins no navegador.

Com JavaScript, desenvolvedores podem finalmente construir páginas web com neve caindo sobre a página , realizar validações sem dar um refresh na página inteira (aliás perder todos os dados digitados) se ele ou ela se esqueceu de fornecer todos os detalhes (tais como senha ou número de cartão de crédito), ou se o endereço de e-mail for informado incorretamente. No entanto, apesar do seu potencial, JavaScript nunca tinha sido usado sistematicamente para tornar a experiência web verdadeiramente amigável, semelhante ao dos usuários de aplicativos de desktop.

Por isso outras tecnologias foram desenvolvidas para executar a funcionalidade no lado do cliente como applets Java e Flash. Com o passar dos anos foi-se percebendo que o Javascript poderia ser usado para enriquecer a experiência do usuário e então o AJAX começou a dar seus primeiros passos e é isso que iremos discutir durante esta série.

O que você espera desta série? Vai acompanhar?

Receba as melhores dicas para criar um negócio digital lucrativo

Jair Rebello

Empreendedor e Nômade Digital. Dedica grande parte do seu tempo para criar soluções como o Plugin SqueezeWP e o Template ConversionWP Premium que ajudam dezenas de milhares de empreendedores a desenvolverem seus negócios.

Website: http://www.rebello.blog.br